Acampar é uma excelente opção para quem quer sair da rotina e fugir da agitação da cidade durante as férias escolares

Enfim chegou a segunda quinzena de julho. Alguns estudantes já estão aproveitando as férias. Trata-se de um período muito esperado pelas crianças e os adolescentes. Após seis meses de empenho, os pequenos têm a chance de saírem da rotina. Uma boa opção para quem mora no leste de Minas Gerais e deseja descansar e se divertir ao lado da família, é acampar no Clube Náutico Alvorada.

Os adeptos do campismo fazem da atividade um verdadeiro estilo de vida. E não trocam a informalidade dos acampamentos por nenhuma outra hospedagem. “Para a minha família, é praticamente uma tradição acampar na Lagoa Silvana durante as férias do primeiro semestre. Esse ano nós fomos convidados para viajar para o litoral, mas nem pensamos na possibilidade de ir. Nós não trocamos o acampamento por nada”, diz Vanise Oliveira.

Wilson Carlos e Vanda Marcelino também não perdem uma oportunidade de acampar. “O mais bacana de ficar aqui é que a gente saí da rotina, tem toda uma infraestrutura disponível, e pode curtir a natureza sem precisar ir para muito longe de casa”, pontua Wilson, lembrando-se da época em que ele e a família ficaram um ano e oito meses acampados no clube. “Foi um ano e tanto. Nós nos divertimos bastante. Eu operei o meu joelho e fazia hidroginástica todos os dias pela manhã na água da lagoa. Foi uma época que ficou marcada”, rememora.

Para os coordenadores do camping, Maria José Caldeira Rocha e Alberto de Brito Rocha, acampar é uma chance de fazer novas amizades. “Nós acampamos há 30 anos na Lagoa Silvana. Podemos afirmar que conhecemos muitas pessoas e fizemos várias amizades por aqui. Há aqueles que sempre reencontramos no dia-a-dia e tem aquelas figuras queridas que a gente revê somente em julho, na época em que é realizado o Encontro de Campistas”, contam.

Eles relembram como a estrutura do Clube Náutico Alvorada evoluiu durante os 50 anos de existência do CNA e como iniciou o encontro de campistas. “O encontro surgiu meio que por acaso. Tinha um grupo de pessoas que sempre acampava no clube durante as férias de julho. As noites frias não espantavam ninguém daqui. Muito pelo contrário, nós aproveitávamos para fazermos uma confraternização com partilha. Depois começamos a fazer uma espécie de festa-junina e cada um levava algum prato típico para comermos a noite. Sempre pedíamos para o Clube alguma coisa, e foi aí que eles abraçaram a nossa ideia e começaram a realizar os Encontros de Campistas que esse ano está em sua 10ª edição”, detalha Maria José

O Encontro de campistas é uma tradição na Lagoa Silvana. Esse ano o evento será realizado entre os dias 24 e 28 de julho. Em comemoração ao cinquentenário do Clube, a programação começará mais cedo. A abertura do Encontro está marcada para às 19 horas da quarta-feira (24), com muita música e descontração. “Várias famílias estão aqui desde o início do mês reservando o seu espaço para o encontro dos campistas”, finaliza Maria José.